RCCRS
Notícias do Movimento
 
 
10
Nov
Saiba mais RCC: Dedicação da Basílica de Latrão
Saiba mais RCC: Dedicação da Basílica de Latrão

Nesta segunda, 9, celebramos a Dedicação da Basílica de São João de Latrão, que carrega o título de omnium urbis et orbis ecclesiarum mater et caput (mãe e cabeça de todas as igrejas de Roma e do mundo). A Basílica de Latrão é comemorada, devido não a somente à edificação física, mas pela obra do Espírito Santo realizada no Templo Sagrado que é a Igreja de Cristo.


Mais venerável de todas as igrejas, a Basílica de Latrão foi entregue por Constantino, no século IV, ao Papa Silvério, depois do imperador permitir o culto dos cristãos em Roma. Após essa data, diversas reformas deram resultado na grande obra que existe hoje. Nela aconteceu Concílios Ecumênicos e também serviu de casa papal durante anos.


Com uma riqueza arquitetônica indiscutível, na Basílica de Latrão está a sede do trono pontifício, chamada assim de Catedral da Diocese de Roma. Nela está a Cathedra de Pedro, ou seja, se encontra o magistério da Igreja, dela se estende a missão do Papa para todo o mundo.  A Basílica de Latrão é sinal para nós católicos da Igreja que está viva e fundamentada no próprio Cristo, a "pedra viva, rejeitada pelos homens, mas escolhida e preciosa aos olhos de Deus" (1 Pedro 2,4-  8) e alicerçada sobre a fé dos apóstolos.


A Basílica recebe esse nome, pois foi construída na região que pertencia a uma família nobre romana de sobrenome Laterani. Quando recebida pelo papa Silvério, a Basílica foi dedicada ao Santíssimo Salvador. Anos mais tarde, recebeu como padroeiro São João Batista e São João Evangelista, dessa forma, Basílica do Santíssimo Salvador ou de São João de Latrão, como é chamada.


Apesar de toda beleza e grandiosidade, o maior significado dessa celebração para a Igreja não é o grande edifício sagrado, feito de tijolos. O motivo da comemoração está na obra do Espírito manifestada na Igreja, a partir dessa basílica, onde parte o ministério do Bispo de Roma, para todas as comunidades do mundo; mostrando a beleza da família cristã, que é templo do Deus vivo.


Todos nós fomos consagrados como morada de Deus: “Não sabeis que sois o templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá. Porque o templo de Deus é sagrado - e isto sois vós (I Cor 3,16-17). É digno reverenciar e respeitar a estrutura física, onde cristãos se reúnem para orar e adorar a Deus, quanto mais digno ainda é o zelo pelo templo vivo que é cada um de nós, onde Deus escolheu para fazer a Sua morada? A Igreja somos nós, chamados a edificar o reino de Deus; pelo batismo, todo cristão participa efetivamente da construção desse templo que é a Igreja de Cristo. Ao passo da nossa vida terrena, dia após dia essa obra cresce e se completa na Jerusalém Celeste.


Fonte: RCCBrasil

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Rio Grande do Sul.
Todos os direitos reservados.