RCCRS
Notícias do Movimento
 
 
28
Out
Conferência Nacional de Líderes reúne jovens carismáticos de todo país em Brasília
Conferência Nacional de Líderes reúne jovens carismáticos de todo país em Brasília

O Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica reuniu mais de 300 participantes na Conferência Nacional de Líderes, realizada em Brasília, entre os dias 9 e 12 de outubro de 2015. Com o tema “Nova geração rumo ao Jubileu de Ouro da RCC” e o lema “Reunir, consolidar e avançar”, foram apresentados diversos painéis sobre as principais moções proféticas, projetos de missão, evangelização, formação e atuação nos grupos de oração.


Primeiro dia


No primeiro dia (9/10), o coordenador nacional do Ministério Jovem (MJ), Fernando Gomes, falou sobre o tema quando ele mostrou a características da nova geração de jovens. Em seguida, Wiliam de Paula, responsável pela Assessoria de Comunicação no núcleo nacional do MJ, mostrou alguns aspectos importantes em comunicação para a juventude, orientações sobre o uso da marca do MJ e apresentou do novo site nacional, em finalização.


Sábado


No sábado (10/10), os primeiros painéis tiveram como foco o fortalecimento da identidade carismática, quando o membro permanente do Conselho Nacional da RCC, Reinaldo Beserra, realizou três colocações. Na primeira, sua abordagem teve como tema “Para manter acesa a chama: reafirmando a nossa identidade carismática”. “Para saber a nossa missão é preciso saber quem somos, o que nos identifica, por isso você precisa olhar para a história e ver que não tem um papel qualquer na Igreja,” destacou o pregador para contar elementos da história precedente ao movimento.


Em seu segundo momento, Reinaldo abordou sobre a iniciação dos jovens nos grupos de oração. “As pessoas chegam à RCC por diversos motivos, às vezes secundários como a música ou as curas. Que venham por qualquer caminho, mas precisam fazer a experiência da essência: Batismo no Espírito Santo. Se não for assim, a pessoa nunca se realizará em sua vocação, ficarão sempre na superfície,” resumiu.


A terceira fala de Reinaldo foi sobre a “Unidade da família carismática”, quando Reinaldo abordou sobre a necessidade de que todas as expressões carismáticas se unam. “Deus quer a unidade de todos na Igreja. Unidade não se faz com iguais, se faz com diferentes. Não podemos querer que todos tenham o mesmo pensamento, precisamos respeitar e amar o outro, se preciso corrigir ou ceder para o bem do outro ou até perder para o bem da unidade.”


No quarto painel do dia, a secretária do núcleo nacional do MJ, Luciana Belúcio, apresentou dois projetos fundamentais para a caminhada do Ministério Jovem: o “Aqui tem Jovem” e o “RCC Responde”. Nesse sentido, ela mostrou que a criatividade, ousadia no Espírito e obediência são caminhos para que o trabalho com os jovens nos grupos de oração dê frutos. Foi oportunidade ainda em que foi apresentado uma nova versão do projeto “Aqui tem jovem” com novas formas de operacionalização nos grupos de oração, que logo será lançado oficialmente.


Para fechar o dia, Luciana e Wiliam voltaram para apresentar uma linha do tempo com o resumo da realidade, visão, acontecimentos e frutos de todas as coordenações na história do MJ, desde 1988, quando aconteceu a primeira reunião oficial no Brasil. Os presentes puderam conhecer o trabalho de Sidnei Telles (1989-1998), Jeferson Fusa (1999-2002), Thiago Regal (2003-2004), Inácio Pereira (2005-2006), Ricardo Nascimento (2007-2008), Márcio Zolin (2009-2012) até o atual Fernando Gomes (desde 2013). alt


Terceiro dia


O domingo (11/10) teve a manhã reservada para falar das ações missionárias do MJ. O assessor de Missão, Ruy Lima lembrou a diretriz seguida pelo ministério e as principais iniciativas como o projeto Jesus no Litoral e similares. “Aonde vamos temos visto nosso povo avançar na missão, surgiram muitas missões e há muita coisa a ser iniciada ainda. Nos enxergamos como um exército formidável em ordem de batalha, mas precisamos renovar a cada dia nosso dinamismo missionário que o grupo de oração nos motiva, é onde buscamos o Espírito Santo e ficamos de prontidão.”


Na sequência, o articulador da região Sudeste, André Amaral, falou sobre “Juventude sentinela da manhã: construtores da civilização do amor”, que teve um forte apelo para as ações dos jovens para a transformação das realidades por iniciativas sociais e políticas. “Precisamos assumir as consequências do Batismo no Espírito Santo: promover a cultura de Pentecostes capaz de fecundar a civilização do amor. Precisamos sair da Igreja pelo mundo para construir essa nova civilização,” apontou.


O coordenador nacional do Ministério de Fé e Política da RCC, Sérgio Zavaris, seguiu na mesma direção em sua fala. “Vivemos um quadro social muito grave. O que nós estamos fazendo diante desse quadro? Muitas iniciativas que tentaram resolver essa situação tentaram pela revolução, executar projetos políticos de poder, usou-se da luta de classes. A Renovação tem outro olhar para isso: o problema pode não estar no regime de governo, nas ideologias, a resposta pode estar no coração do homem. Um coração convertido pode realizar maravilhas, mudar as coisas, nos acreditamos no homem.”


Na penúltima colocação do dia, Fernando Gomes abordou sobre o projeto “Sentinelas da manhã”, adotado como fio condutor das ações evangelizadoras e missionárias do Ministério Jovem desde 2007. Ele mostrou como esse tema tem se espalhado pelo Brasil, pela América Latina e pela Europa, com testemunho de diversas lideranças dessas locais. “Sentinelas da manhã é um programa de vida, fazer a diferença na Igreja e no mundo,” resumiu. Na oportunidade, foi apresentado um trabalho de reorganização do Jesus no Litoral promovido pelo estado do Paraná, onde a forma de abordagem passou para um método de mais conversa para evitar um formato sequencial da pregação do querígma nas abordagens.


No último momento do domingo, Fernando trouxe a temática da Teologia do Corpo, conteúdo fortemente difundido pelo Brasil nesses últimos anos. “A temática da Teologia do Corpo pode nos ajudar a falar de uma forma nova sobre afetividade e sexualidade. Não basta descobrir a vocação, mas vivê-la amando como um dom qual seja o estado de vida. A Teologia do Corpo nos convida transformar o nosso olhar e nossa linguagem.”


Dia de envio


Para fechar a Conferência Nacional, o dia começou com adoração ao Santíssimo Sacramento. Logo após, Fernando Gomes realizou uma pregação de envio das sentinelas destacando os elementos fundamentais para a evangelização da juventude, a organização do MJ e o exercício do olhar sobre as realidades locais para organizar os trabalhos. “Quando falamos com o jovem precisamos ter iniciativas, linguagem, protagonismo e olhar para as realidades diante dos diferentes programas de vida. Por isso, há assuntos, formações, que precisamos trabalhar especificamente com os jovens porque fazem parte da sua realidade de vida,” aponta.


A Santa Missa de envio foi celebrada pelo bispo auxiliar de Brasília, Dom José Almeida, que destacou a importância da RCC para a Igreja nesse tempo. “A Renovação Carismática é um novo ardor, a fonte de um fogo de amor que leva toda a Igreja a um novo anúncio do Evangelho. Os Espírito de Deus precisa ser derramado de novo nos palácios do poder, nos lixões, nas casas dos pequeninos, nas florestas, em todos os lugares. A Renovação nunca se esqueceu de todos esses lugares, sempre esteve neles. Deus espera que vocês transformem o mundo com o testemunho de vida.”


Fonte: RCCBrasil

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Rio Grande do Sul.
Todos os direitos reservados.