RCCRS
Notícias da Igreja
 
 
28
Abr
Papa pede que os novos sacerdotes deem homilias que não sejam chatas
Papa pede que os novos sacerdotes deem homilias que não sejam chatas

O exemplo edifica; as palavras sem exemplo são palavras vazias. Ser sempre misericordiosos, assim como o Pai é misericordioso para conosco. Não dar homilias chatas. Não celebrar a missa com pressa nem se pavonear. Não condenar no confessionário. Estes são alguns dos conselhos que o papa Francisco deu aos 19 novos sacerdotes ordenados na Basílica de São Pedro durante a missa deste domingo, 25 de abril.


Na homilia, o papa recordou que o exemplo a ser imitado pelo sacerdote é o do Bom Pastor, que dá a vida pelas suas ovelhas.


Francisco declarou que “o bispo corre o perigo de escolhê-los como o Pai correu o risco por cada um de nós”, mas também afirmou que estes novos sacerdotes “serão pregadores do Evangelho, pastores do povo de Deus”.


O Santo Padre convidou os 19 presbíteros a ler e meditar assiduamente na palavra do Senhor “para crer no que lestes, ensinar o aprendestes pela fé e viver o que ensinastes”. O papa pediu ainda que as suas homilias “não sejam chatas”, mas “saiam do coração de vocês” e cheguem ao coração das pessoas. “O perfume da sua vida será o testemunho, porque o exemplo edifica, enquanto as palavras sem exemplo são palavras vazias, são ideias, não chegam nunca ao coração. Aliás, elas fazem mal, não fazem bem”. 


Não celebrar a missa com pressa foi outro conselho do papa aos novos padres, que devem ser conscientes do que celebram: “Não é um rito artificial”. Francisco também lhes pediu que nunca neguem o batismo a quem o pede e que sejam sempre misericordiosos no confessionário. A única intenção que os sacerdotes devem ter é a de agradar a Deus e não a si mesmos: “É feio um sacerdote que vive para agradar a si mesmo; parece um pavão real”, afirmou Francisco.  


Por fim, o bispo de Roma pediu que os novos sacerdotes mantenham sempre diante dos olhos o exemplo do Bom Pastor, “que não veio para ser servido, e sim para servir; não para ficar acomodado, mas para sair, buscar e salvar o que estava perdido”.


Fonte: Zenit

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Rio Grande do Sul.
Todos os direitos reservados.