RCCRS
Notícias da Igreja
 
 
25
Ago
Dez mil voluntários trabalharão no Encontro das Famílias
Dez mil voluntários trabalharão no Encontro das Famílias

Dez mil voluntários trabalharão durante a visita do Papa Francisco à Filadélfia, quando participará do Encontro Mundial das Famílias.


A equipe de voluntários receberá e orientará os peregrinos, prestará serviços de tradução, ajudará os visitantes com necessidades especiais e executará outras tarefas, como postar mensagens e fotos em redes sociais. Seis semanas antes da visita papal, cerca de 8 mil já foram aprovados.


As despesas do processo de seleção foram quase totalmente cobertas pelos próprios candidatos. A verificação dos antecedentes de cada um custaria mais de US$ 300.000 para a organização do Encontro, mas, em muitos casos, os voluntários estão cobrindo as despesas, disse o diretor responsável pelo voluntariado.


Perfil


Os voluntários devem ter 18 anos ou mais, embora a idade média das pessoas aceitas até agora seja de 50 anos. Dos 8 mil, 6 mil são mulheres. Muitos não indicaram as suas crenças religiosas e os organizadores disseram que não ficaram surpresos com a participação de voluntários de outras religiões.


“Este é um momento não só para os católicos, mas para as pessoas de todas as religiões”, disse Ken Gavin, um porta-voz da Arquidiocese da Filadélfia.


Todos os estados são representados, embora quase a metade seja da Pensilvânia, disseram os organizadores. New Jersey tem o segundo maior contingente e quase 150 voluntários são do Texas.


O itinerário


O Papa vai começar sua turnê em Washington, onde será recebido pelo Presidente Barack Obama. Lá, ele fará um discurso no Congresso e presidirá a canonização de Frei Junipero Serra. Em Nova York, ele falará à Assembleia Geral das Nações Unidas e celebrará Missa no Madison Square Garden.


Fonte: Canção Nova

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Rio Grande do Sul.
Todos os direitos reservados.