RCCRS
Notícias da Igreja
 
 
17
Ago
Comissão da CNBB saúda consagrados da Igreja no Brasil
Comissão da CNBB saúda consagrados da Igreja no Brasil

Por ocasião do Dia da Vida Consagrada, a Comissão da CNBB emitiu mensagem de agradecimento ao empenho e dedicação das pessoas que se doam pela evangelização


“A Vida Consagrada tem como vocação, missão e profissão dos votos religiosos, condição de destaque dentro do Corpo Místico de Cristo”, disse o arcebispo de Porto Alegre (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Jaime Spengler. A mensagem foi divulgada nesta segunda-feira, 17, pela CNBB.


Por ocasião do Dia da Vida Consagrada, celebrado neste domingo, 16, a Comissão emitiu mensagem de agradecimento ao empenho e dedicação de homens e mulheres que se doam pela evangelização. “A Igreja no Brasil também reza para que o Senhor continue despertando vocações para as diversas expressões de Vida Consagrada”.


Ainda no texto, dom Jaime recorda as palavras do Papa Francisco que exorta aos consagrados a serem “presenças alegres, pessoas capazes de despertar o mundo, homens e mulheres peritos em comunhão, dispostos, bem-dispostos, para irmos às periferias existenciais, inquietos sobre o que pedem Deus e a humanidade de hoje”.


Confira a íntegra da mensagem


Caros irmãos e irmãs,


Ano da Vida Consagrada e, neste terceiro domingo do mês de agosto, estamos celebrando, em nossas Igrejas Particulares, o dia dos Consagrados e Consagradas.


Louvamos a Deus por todo bem realizado por uma miríade de homens e mulheres que fizeram e fazem da consagração resposta de amor “ao chamamento do Pai e à moção do Espírito”, e por isso “escolheram este caminho de especial seguimento de Cristo, para se dedicarem a Ele de coração indiviso” (VC 1).


Sabemos que “a Igreja não cresce por proselitismo, mas por atração” (Bento XVI). Somos, assim, mais uma vez recordados de que a “vida consagrada não cresce, se organizarmos belas campanhas vocacionais, mas se as jovens e os jovens que nos encontram se sentirem atraídos por nós, se nos virem como homens e mulheres felizes. De igual forma, a eficácia apostólica da vida consagrada não depende da eficiência e da força dos seus meios. É a vossa vida que deve falar, uma vida na qual transparece a alegria e a beleza de viver o Evangelho e seguir a Cristo” (Papa Francisco).


Caro irmão e cara irmã, em celebrando esse dia somos recordados de que a Vida Consagrada tem como vocação, missão e profissão dos votos religiosos, condição de destaque dentro do Corpo Místico de Cristo. Trata-se de uma realidade que pressupõe longo tempo de preparação para assumir publicamente, sob juramento, essa profissão. É um projeto de vida marcado pelo dom da vocação, e que requer incumbência, disposição para realizar uma tarefa característica, além de determinação para assumir compromisso público.


O caminho assumido tem a característica de tarefa. Tarefa de nos empenharmos sempre de novo, continuadamente em despertar, conservar e fomentar o elã e a necessidade de querer e aprender a ser cada vez mais discípulo de Jesus Cristo; de querer estar em forma na aprendizagem dessa nobre e sublime arte de ser uma pessoa consagrada. Quem assim abraça a Vida Consagrada não envelhece; conserva por toda a vida a limpidez, a jovialidade, a alegria que o encontro com o Senhor proporcionou e continua proporcionando para sustentar o compromisso assumido, o caminho iniciado.


O Papa Francisco nos exorta a sermos presenças alegres, pessoas capazes de despertar o mundo, homens e mulheres peritos em comunhão, dispostos, bem-dispostos para irmos às periferias existenciais, inquietos sobre o que pedem Deus e a humanidade de hoje.


A Consagração da vida é um sinal importante para o mundo. “Sem este sinal concreto, a caridade que anima a Igreja inteira correria o risco de se resfriar, o paradoxo salvífico do Evangelho, de se atenuar, o ‘sal’ da fé, de se diluir num mundo em fase de secularização” (Paulo VI).


Caro irmão e cara irmã, possa a celebração do Dia da Vida Consagrada despertar em todos nós o desejo de poder continuar, ainda com maior vigor e entusiasmo; de levar adiante nossa disposição de servir ao Senhor em justiça e santidade todos os dias de nossa vida.


Deus seja louvado pelo dom da Vida Consagrada! A Igreja do Brasil reconhece e agradece o empenho, a dedicação destas mulheres e homens que com intrepidez promovem a obra da Evangelização no imenso território destas Terras de Santa Cruz! A Igreja no Brasil também reza para que o Senhor continue despertando vocações para as diversas expressões de Vida Consagrada.


“A vida consagrada é dom feito à Igreja: nasce na Igreja, cresce na Igreja, está totalmente orientada para a Igreja” (Cardeal Bergóglio).


 


Em Cristo,


Dom Jaime Spengler


Arcebispo de Porto Alegre


Presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada


Fonte: Canção Nova

Compartilhe está Notícia
Indique a um amigo
 
 

Copyright © 2014 Renovação Carismática Católica - Rio Grande do Sul.
Todos os direitos reservados.